Início >> Noticia >> AGE testa nova tecnologia na auditagem de obras
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

AGE testa nova tecnologia na auditagem de obras

Uma nova tecnologia que permite o raio x de serviços de engenharia pode dar mais confiabilidade ao trabalho da Auditoria Geral do Estado (AGE). O sistema, conhecido como BIM, será utilizado de forma experimental no levantamento das obras do Parque Estadual do Utinga, em Belém, alvo de investigação pela AGE, por suspeita de irregularidades na execução do projeto realizado pela antiga gestão do governo do estado. Através do BIM, os auditores terão acesso a informações como a quantidade e a qualidade dos materiais usados na construção do ponto turístico. 

"As informações adquiridas com o uso deste sistema vão nos permitir uma análise mais precisa sobre os investimentos feitos na obra do Parque do Utinga e até esclarecer porque ela custou tão caro aos cofres públicos," disse Giussepp Mendes, auditor-geral do Estado, que esteve reunido com o gerente de projetos do Bim Brasil, Lamartine Camilo, na última quinta-feira (03).

Equipamentos de ponta vão escanear toda a edificação no local. Os dados serão comparados com os apresentados pela auditoria externa contratada pela Paulitec, construtora responsável pela execução da obra. 

Além da AGE, a secretaria estadual de cultura (Secult) também implementou o BIM nos projetos executados com contrapartida do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).