Início >> Noticia >> AGE FAZ BALANÇO DE 100 DIAS DE GESTÃO
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

AGE FAZ BALANÇO DE 100 DIAS DE GESTÃO

 
 
 
 
Uma pilha com 216 processos engavetados. Foi o que a atual gestão da Auditoria Geral do Estado (AGE) encontrou ao assumir o órgão em janeiro deste ano. A primeira medida tomada pelo auditor-geral Giussepp Mendes foi a criação de uma força tarefa  para análise dos documentos. Até hoje, 205 processos já foram enviados para os respectivos órgãos. Isso é mais de 90% da demanda represada durante anos, atendida em apenas cem dias de trabalho. O comprometimento da atual equipe da AGE também aparece no número de investigações preliminares instauradas. Os procedimentos apuram irregularidades nas ações da antiga administração estadual. Vinte estão em andamento por suspeita de prejuízos milionários ao erário público. Um exemplo é o programa Asfalto na Cidade, criado com a finalidade de melhorar a malha viária dos municípios paraenses, mas que os indícios apontam para o mau uso e até desvio de dinheiro público. Pela gravidade do caso, a Auditoria deflagrou uma operação denominada de Tapa Buracos para fiscalizar as  obras que teriam sido executadas. O Parque Estadual do Utinga em Belém e cinco hospitais regionais públicos localizados na capital e no interior do estado também são alvos de investigação pela AGE.
 
Pra fortalecer a atividade fiscalizadora e de controle do uso do dinheiro público, a AGE agora conta com a parceria de  importantes instituições como Ministério Público de Contas do Estado (MPC), Junta Comercial do Pará (Jucepa), Secretaria de Segurança Pública (SEGUP), Ministério Público do Estado(MPE), Ministério Público Federal (MPF), Controladoria Geral da União (CGU) e Rede - LAB, do Ministério da Justiça.Uma das ações de grande repercussão para o aprimoramento da eficiência da gestão pública é a de qualificação dos servidores. Para isso, foi instituído o programa AGE Capacita, que realizou em março o I Workshop de Compliance e Governança Pública. Mais de duzentos servidores públicos de vários órgãos estaduais participaram do evento, que contou com palestras de especialistas em controle interno.
 
"Foi uma ação inovadora e de grande importância para a proteção do erário. Os servidores agora estão melhor  preparados para indentificar e evitar corrupção nos órgãos do estado," declarou Giussepp Mendes."
 
A Auditoria trabalha agora na preparação do primeiro seminário de gestão, controle e resultado, que vai debater temas como o dever do estado de fiscalizar e contará com a presença do procurador-geral do Trabalho, ministro Ronaldo Fleury e da professora Luciana Yeung, do Instituto Superior em Negócios (INSPER). O evento acontecerá no próximo dia 15 de maio no auditório do Igeprev em Belém.